24 e 25

DE NOVEMBRO

16:15 - 20:15

(Horário de MS)

17:15 - 21:15

(Horário de Brasília)

2021: como produzir cinema agora

Thiago Macêdo Correia (Filmes de Plástico)

Nesta oficina discutiremos as possibilidades e dificuldades para a produção de filmes e busca de financiamento atualmente, seja no Brasil, que vivencia a forte crise da Ancine, seja no mercado internacional. Haverá foco importante na relação de internacionalização das obras, desde o momento em que são projetos, até chegar no momento de montagem de estratégias e carreiras para festivais. 

Nascido em 1984, sócio da Filmes de Plástico, trabalha com produção cinematográfica desde 2007. É produtor dos filmes Temporada, No Coração do Mundo, Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos, Arábia, Baronesa, Elon não Acredita na Morte, A Vizinhança do Tigre, Ela Volta na Quinta, além de diversos curtas-metragens e do especial da TV Globo O Natal de Rita. Seus filmes foram selecionados e premiados em festivais como Cannes, Rotterdam, Locarno, AFI, Durban, Cartagena, IndieLisboa, entre diversos outros, além dos três prêmios de Melhor Filme para obras suas no Festival de Brasília, o mais tradicional do país.

 

23, 24 e 25

DE NOVEMBRO

14 - 16h

(Horário de MS)

15 - 17h

(Horário de Brasília)

Ver é uma fábula

Cao Guimarães

Cao Guimarães apresentará um panorama de sua produção audiovisual, explorando a interface entre cinema e artes plásticas, as transformações em seu processo de produção ao longo dos anos e as diversas formas de circulação/distribuição de sua obra. Paralelamente, propõe aos participantes pequenos exercícios e experimentações que, além de aprofundar reflexões sobre narrativas e poéticas visuais, explorem a relação intrínseca entre imagem e som.

Cao Guimarães atua no cruzamento entre o cinema e as artes plásticas. Com produção intensa desde o final dos anos 1980, o artista tem suas obras em numerosas coleções prestigiadas como a Tate Modern (Reino Unido), o MoMA e o Museu Guggenheim (EUA), FondationCartier (França), ColecciónJumex (México), Inhotim (Brasil), Museu Thyssen-Bornemisza (Espanha), dentre outras. Seus filmes foram exibidos em renomados festivais internacionais como Cannes, Locarno, Sundance, Veneza, Berlim e Rotterdam.